Publicações

Saiba se o seu filho/a precisa de usar aparelho dentário!

Ao contrário do que erradamente se pensa, o aparelho dentário pode e deve, se houver a necessidade, ser usado quando a criança ainda tem a dentição de leite. A partir dos 4 anos a criança já consegue ter uma boa colaboração no tratamento e os resultados aparecem mais rápido evitando, no futuro, tratamentos mais demorados.

Em determinados casos como por exemplo de mordida cruzada, mordida aberta ou falta de espaço severa, quando os dentes nascem muito juntos, é recomendável tratamento ortodôntico.

Enquanto a criança tem os dentes de leite uma consulta de prevenção de 6 em 6 meses permite verificar se há risco de os dentes permanentes nascerem tortos. No entanto se a criança já tiver a dentição permanente, torna-se mais fácil de realizar esta avaliação. O ideal será, obviamente, realizar uma consulta com um especialista em Ortodontia, no entanto deixamos desde já algumas dicas para que perceba quais os casos mais evidentes que precisam de tratamento:

Sobre mordida Profunda Ao morder, os dentes superiores cobrem mais que 2 mm da ponta dos dentes inferiores.
Apinhamento Presença de um ou mais dentes encavalitados e/ou tortos.
Espaçamento Presença de espaços entre os dentes.
Mordida Aberta Ao morder, os dentes da frente não se encostam.
Mordida Cruzada Posterior Ao morder, os dentes inferiores do fundo ficam mais para fora que os superiores.
Mordida Cruzada Anterior Parcial Ao morder, um ou mais dentes superiores ficam mais para trás que os dentes inferiores.
Mordida Cruzada Anterior Total Ao morder, os dentes superiores da frente ficam mais para trás que os dentes inferiores.